quinta-feira, 10 de março de 2011

Senhor me dá um namorado?



Esse é um assunto rápido e bem interessante de se comentar. No meio jovem, na igreja, vejo muitos meninos e meninas dizendo acerca de namoro: Deus ainda não quer que eu me case ou namore agora, mas “ele está preparando o meu varão ou a minha varoa”!
Outros dizem: Estou orando pra Deus me dar aquele garoto (a) pra mim. Ou até mesmo: Na hora certa Deus proverá minha varoa ou meu varão.
Bom, você meu leitor, pode não concordar comigo, mas particularmente, pelo que li na Bíblia até agora, (se caso minha leitura não foi muito acurada, aceito sugestões e indicações para aprofundarmos mais e mais esse assunto) Deus só fez isso duas vezes, que eu saiba; nessas duas vezes que Deus preparou e providenciou esposas para os seus servos, no caso Adão e Joel, não foi muito legal. Porque ambos não tiveram o livre arbítrio, escolher quem queriam para ter como mulher. Um teve o melhor de Deus e o outro teve que compartilhar sua vida com aquilo que é temível para qualquer homem.
Adão estava só, Deus disse: “Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea” (Gn 2.18). Deus fez isso nas melhores intenções possíveis, deixando de lado a onisciência de Deus, para agradar Adão. Muitos dizem que Adão pediu uma mulher como esposa, mas o certo é que Deus lhe deu Eva para ser sua companheira, preparou-a e deu a ele para estar ao seu lado sempre. Muitos também usam essa passagem para enxergar que Deus ainda hoje prepara namorados ou maridos para os que pedem.
Vamos analisar a escolha de Deus para Adão: Eva, perfeita e inocente assim com adão feitas pelas mãos de Deus. Como Adão e Eva eram uma só carne, Eva pereceu no engano de Satanás e trouxe para Adão também que pecou juntamente com ela, recebendo em si a punição do seu erro, que induzido pela mulher, cometeu. Quando indagado por Deus sobre a desobediência, Adão insatisfeito com a mulher que Deus deu a ele, colocou culpa no próprio Deus por ter lhe dado uma mulher que levou ele ao tal erro: “...A mulher que me deste por companheira deu-me da árvore, e eu comi” (Gn 3.12). Mas já era tarde, Deus estabeleceu a união e a sentença pra todos nós, mas graças a Deus temos a redenção, a salvação para sairmos dessa condenação, mas isso é outro assunto.
Viu como foi ruim para Adão, Deus ter dado a mulher pra ele, e qual foi a gratificação que Deus recebeu? Deus só quis o melhor para Adão, deu tudo a ele, comida, lugar, domínio sobra a terra e ainda mais uma belíssima mulher, mas mesmo ele vacilando não quis aceitar a culpa, culpando a Deus por ter feito o melhor pra ele. Deus deve ter se “arrependido”, (digo com força de expressão, por que Deus não se arrepende de nada, disto sei) e por isso é que não encontramos na Bíblia Deus preparando e dando mulheres ou esposos pra ninguém. Mas vemos um caso parecido, o caso do matrimônio do profeta Oséias. Por ordem divina ele teve que tomar por esposa uma prostituta (Os 1.2) Obedecendo a Deus, ele sentiu na pele o mesmo que Deus estava sentindo e fazendo o seu povo conhecer como estava a situação dele e de seu povo. Uma linda história de perseverança, e também podemos dizer, de obediência; já pensou se Deus mandasse você se casar com uma prostituta? Você faria isso? É difícil.
Outros personagens, como Isaque e Jacó, aparecem na Bíblia indo atrás de suas esposas, e buscando-as. Mas no Antigo Testamento, pelo menos para os homens, era livre pra ele escolher suas esposas, mas as mulheres deveriam obedecer, pois era estabelecida a ordem moral de submissão ao homem instituída por Deus desde o princípio (Gn 3.16). Então, tiramos as conclusões de que biblicamente Deus não prepara ninguém pra ninguém, e as vezes que ele fez isso, não foi legal, por mais que ele tivesse as melhores intenções.
Sabemos que nós, somos insatisfeitos sempre. Nunca nos satisfazemos com nada, por mais que seja de Deus, e o melhor desta terra, prova disto foi Adão, como vimos acima. O homem é falho, imperfeito cheios de defeitos; se isso funcionasse, essa de pedirmos alguém pra Deus e ele nos atender, ele estaria hoje com sua caixinha de sugestões e reclamações transbordando de reclamações de fábrica e reparos. Hoje, no tempo da graça, onde todos tem direitos iguais, de buscar o que quer; bem ou mal; céu ou inferno; ser ou não ser; ir ou não... E uma série de escolha, e sabendo nós disto que Deus não interfere em nenhuma delas, ele não faz aquilo que podemos fazer.
Com relação a namorados, Deus não arruma namorado (a) pra ninguém, você é livre pra escolher quem bem você quer. Basta buscar, analisar, descobrir o que é melhor pra você, pra você mesmo ser responsável pelas suas próprias escolhas e atitudes, sem correr o risco de culpar a Deus por dar aquilo que não pediu, ou dizer a Deus os defeitos do bonequinho que deveria vir perfeito, pra você; como se Deus interferisse na vida alheia, nos planos alheios simplesmente para fazer aquilo que você quer. Melhor explicando: Você gosta d um fulano tal, aí você pede ele pra Deus. Mas aquele fulano nem sonha que você gosta dele, e ao invés de você investir e lutar por ele, não. Você espera que Deus interrompa os planos dele, a vida dele, as vontades dele pra direciona-lo até a você pra depois que você descobrir os defeitos dele e então ficar enchendo Deus com reclamações.
Vá você correr atrás, vá você e conquiste quem você quer. Deus não move uma palha naquilo que você é capaz: você tem beleza, charme, voz e Deus na vida; todas as capacidades para conquistar quem você bem quiser. Mas com um conselho, não dado por mim, mas pela Bíblia: Que seja uma pessoa crente, cristão ou cristã, servo (a) de Deus e que faz a vontade de Deus. Por que: Não vos prendais a um jugo desigual com os incrédulos; "pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? ou que comunhão tem a luz com as trevas? Que harmonia há entre Cristo e Belial? ou que parte tem o crente com o incrédulo? E que consenso tem o santuário de Deus com ídolos? Pois nós somos santuário de Deus vivo, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Pelo que, saí vós do meio deles e separai-vos, diz o Senhor; e não toqueis coisa imunda, e eu vos receberei; e eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso". (2coríntios 6.14-18). Fonte: Internet. Na fé Letícia Ferreira.

Um comentário:

  1. Esse assunto é muito complexo,mas uma coisa é certa:as vezes pensamos que é Deus falando ,quando na verdade é apenas a emoção devido ao momento em que a pessoa está passando,por isso a maioria dos casamentos,mesmo dentro da igreja não dão certo.muitos apenas tem aparencia de estar dando certo mas na verdade não estão.Deus continue te usando,estas palavras sempre serão de grande proveito.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...