segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Acorda Brasil (Livra a alma dos seus filhos do INFERNO!)

 
Quero através dessa imagem mostrar o motivo de tantas mães hoje em dia está sofrendo por causa de seus filhos agirem de uma forma contrária a vontade de Deus! Essas mães perderam o controle sobre seus filhos e principalmente por suas filhas, que de um modo tão ingênuo estão atrapalhando o futuro de suas crianças.

O texto de Provérbios 23, nos versos 13 e 14, nos dizem: "Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrerá. Tu a fustigarás com a vara, e livrarás a sua alma do inferno". Vamos olhar para este texto de forma inversa. Eu lhe faço então esta pergunta: - Como você poderá enviar seu filho para o inferno? Deixando de discipliná-lo com a vara: "A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe" Provérbios 29.15.

Para tudo há um tempo determinado pelo Pai. Há também o tempo de disciplinarmos nossos filhos com a vara da correção. Depois quando se tornam meninos, vem o tempo de ensiná-los no caminho que eles devem andar, para depois colher os frutos do descanso e da alegria: "Castiga o teu filho, e te dará descanso; e dará delícias à tua alma" Provérbios 29.17.
  A vara da correção não retira a estultícia, somente a afugenta. Por isso, é necessário não retirar a disciplina da criança: "Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrera". É necessário que ela seja corrigida até se tornar menino. Quando é criança, Deus nos ensina que é para fustigar com a vara, e quando se torna menino(a), ensinar o caminho que ele(a) deve andar: "Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele" Provérbios 22.6.
Usar a vara da correção é amar nossos filhos, deixar de usá-la é odiá-lo: "O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o castiga" Provérbios 13.24. A vara é uma coisa simples de Deus, mas que funciona. Os chinelos são para os pés, as cintas são para as calças, as mãos são para acariciar nossos filhos, e a vara da correção é para dar-lhes sabedoria: "A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe" Provérbios 29.15.
Eu vou lhe fazer esta pergunta novamente: - Sabe como você deve fazer para mandar seu filho para o inferno? Deixe de usar a vara da correção quando ele é criança e de ensiná-lo no caminho em que deve andar quando for menino. Deixe-o entregue a si mesmo e fazer tudo o que quer: "Os olhos que zombam do pai, ou desprezam a obediência à mãe, corvos do ribeiro os arrancarão e os filhotes da águia os comerão" Provérbios 30.17.
Deixar de disciplinar e ensinar os nossos filhos o caminho do Senhor não é sabedoria, mas é tolice. É colocar tropeço para eles: "Mas qualquer que fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e se submergisse na profundeza do mar... Vede, não desprezeis a nenhum destes pequeninos; pois eu vos digo que os seus anjos nos céus sempre vêm a face de meu Pai, que está nos céus... Assim também não é da vontade de vosso Pai que está nos céus, que venha a perecer um só destes pequeninos" Mateus 18.6,10 e 14. Amém.
É dessa forma; como está representado na imagem acima que muitas mães têm feito e depois não entendem onde foi que erraram na criação de seus filhos, então você que é mãe ou até mesmo Pai e está lendo essa mensagem acorde enquanto é tempo!  (Fonte: Internet) Na fé Letícia Ferreira.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...