quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Como será a Batalha do Armagedom???



O período da Grande Tribulação termina com a batalha do Armagedom, descrita nos livros de Zacarias e do Apocalipse:

“Naquele dia, farei de Jerusalém uma pedra pata todos os povos; todos os que a erguerem se ferirão gravemente; e, contra ela, se ajuntarão todas as nações da terra”. (Zacarias 12.3).

“Então, vi sair da boca do dragão, da boca da besta e da boca do falso profeta três espíritos imundos semelhantes a rãs; porque eles são espíritos de demônios, operadores de sinais, e se dirigem aos reis do mundo inteiro com o fim de ajuntá-los para a peleja do grande Dia do Deus Todo- Poderoso. (Eis que venho como vem o ladrão. Bem aventurado aquele que vigia e guarda as suas vestes, para que não ande nu, e não se veja a sua vergonha). Então, os ajuntaram no lugar que em hebraico se chama Armagedom”. (Apocalipse 16.13-16).

Na batalha do Armagedom, os reis da Terra se levantarão contra o Senhor e o Seu Ungido, liderados pelo Anticristo (a besta), pelo falso profeta e por Satanás.

Até esse momento a Trindade satânica terá criado na Terra uma confederação mundial de nações e dará aos seus seguidores uma falsa sensação de paz e progressos universais, além de criar uma religião ecumênica, com sede em Jerusalém:

“E adorá-la-ão todos os que habitam sobre a Terra, aqueles cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo. Se alguém tem ouvidos, ouça. Se alguém leva para cativeiro, para cativeiro vai. Se alguém matar a espada, necessário é que seja morto à espada. Aqui está a perseverança e a fidelidade dos santos.

Vi ainda outra besta emergir da Terra; possuía dois chifres, parecendo cordeiro, mas falava como dragão. Exerce toda a autoridade da primeira besta na sua presença. Faz com que a Terra e os seu habitantes adorem a primeira besta, cuja ferida mortal fora curada” (Apocalipse 13.8-12).

Eles, porém, serão vencidos pelo Cordeiro, que pelejará ao lado dos seus santos e anjos para libertar o Seu povo e destruir os inimigos:

“E vi a besta e os reis da terra, com os seus exércitos, congregados para pelejarem contra aquele que estava montado no cavalo e contra o seu exército. Mas a besta foi aprisionada, e com ela o falso profeta que, com os sinais feitos diante dela, seduziu aqueles que receberam a marca da besta e eram os adoradores da sua imagem. Os dois foram laçados vivos que arde com enxofre. Os restantes foram mortos com a espada que saía da boca daquele que estava montado no cavalo. E todas as aves se fartaram das suas carnes” (Apocalipse 19.19-21). Na fé Letícia Ferreira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...