quarta-feira, 12 de setembro de 2012

"Dilma é o meu amor", declara um suposto Marido(ª) da Presidenta!!!

 
 
Mulher tenta invadir Palácio do Planalto para se 'casar' com Dilma
Aparentemente embriagada, Edmeire Celestino da Silva, de 29 anos, foi contida pela segurança presidencial; ela portava uma foto da presidenta no bolso
 A calma do Palácio do Planalto foi quebrada no início da noite desta terça-feira (11), quando a jovem Edmeire Celestino da Silva, de 29 anos, subiu parte da rampa externa, na tentativa de entrar no prédio. Aparentemente embriagada, de pés descalços e calçando apenas meias, ela foi imediatamente contida pela segurança presidencial. Ela dizia que queria se casar com a presidenta Dilma Rousseff . "Eu ia sequestrar ela [sic] e não ia soltar nunca mais. Ela é o meu amor", afirmou a "invasora", que também chegou a dizer: "Eu sou marido da Dilma Vana Rousseff!". 

 Ao contrário do que o iG publicou inicialmente, tratava-se de uma mulher, e não de um homem. A informação de que Edmeire era homem foi passada no momento do incidente por seguranças que acompanharam a tentativa de invasão do Palácio. A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, que não soube confirmar a informação. Em seguida, falou por telefone com profissionais que trabalham na portaria do Palácio do Planalto, que ratificaram tratar-se de um homem. A confirmação de que Edmeire era mesmo uma mulher foi dada pelo 6º Batalhão da Polícia Militar do Distrito Federal - Batalhão Esplanada e também pelo Hospital Regional da Asa Norte, para onde Edmeire foi encaminhada após ser contida pelos seguranças.

O incidente

Enquanto aguardavam um carro do Corpo de Bombeiros para levá-la ao hospital, Edmeire dizia palavras sem nexo para as câmaras de televisão e fotógrafos. A única coisa inteligível foi que queria se casar com Dilma, de quem portava uma fotografia no bolso, juntamente com a carteira de identidade.
 Foi a segunda tentativa, somente nesta terça, de Edmeire para entrar no Palácio do Planalto. Pela manhã, momentos antes da solenidade de anúncio da redução de preços no consumo de energia elétrica, ela já havia sido contida pela segurança, antes mesmo de subir na rampa.

Os bombeiros do batalhão presidencial foram chamados e levaram Edmeire para o Hospital Regional da Asa Norte, próximo ao Planalto. De acordo com a segurança do Palácio, a jovem estava desarmada, não tinha machucado ninguém e parecia apenas perturbada. Por isso, não houve necessidade de prisão.
 Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Edmeire foi detido pelos seguranças e encaminhado a um hospital, mas não foi preso: 'Ela é o meu amor', dizia
Tentativas de invasão do Planalto não são incomuns. Apenas na gestão da presidente Dilma Rousseff esta é a sexta tentativa de invasão. Em março deste ano, uma mulher que queria uma casa do programa Minha Casa Minha Vida tentou entrar no Planalto. Ela já havia conseguido chegar até o Salão Nobre em abril do ano passado, levando um filho junto.

Em setembro de 2011, um homem armado tentou entrar ameaçando se matar. Em julho do mesmo ano, um homem subiu a rampa de moto e caiu no espelho d'água. Em janeiro do ano passado, um homem subiu parte da rampa de carro.

Com Agência Brasil e Agência Estado. Na fé Letícia Ferreira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...