quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Você sabia que o amor tem sua força comparada à morte???


“Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, com veementes labaredas”. (Cânticos dos Cânticos 8.6).

Quem já viveu a experiência de enterrar um ente querido? O pai, a mãe, avô, avó, irmão, uma pessoa que você amava muito? Dói muito.

E você já parou para se perguntar: por que a morte dói tanto? Por que não sabemos lidar com a dor da morte?

Numa sociedade com tantos avanços científicos e tecnológicos, cientistas ainda não inventaram um remédio para amenizar, no coração daqueles que ficam vivos a dor e o sofrimento causados pela morte.

E sabe por que dói tanto?... Porque nós não fomos feitos para morrer. É por isso que nós não sabemos lidar com essa dor.

A morte não fazia parte do plano original de Deus no Éden. Logo, como não fomos feitos para morrer, não fomos feitos para perder quem amamos. Dói, porque a morte traz a separação entre pessoas que se amam. Machuca perder quem amamos.

A relação entre amor e morte é um mistério muito profundo. Eles estão tão entrelaçados que, talvez, você nunca tenha notado.

Medite comigo. Deus é amor (1º João 4.16). Essa é a sua essência. Ele sabe o que é o amor e a força dele. A maior evidência de que o amor tem sua força comparada à morte é que o próprio Deus, sendo imortal, para provar o Seu amor por nós, perdeu quem mais amava.

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que entregou o Seu único filho, para  que todo aquele que Nele crê, não pereça mas tenha a vida eterna”. (João 3.16).

Deus também entendeu esse mistério. Ele revelou isto aos seus discípulos ao afirmar: “Ninguém tem um amor maior do que este: entregar a sua própria vida pelos seus amigos”. (João 15.13). Fonte: Livro: Eu escolhi esperar. Na fé Letícia Ferreira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...